Sábado, 12 de Junho de 2021 22:50
(86) 99861-1711
Brasil Aglomeração

Vigilância notifica 3 agências bancárias por aglomeração e faz alerta a bares e restaurantes

Os donos de bares e a Vigilância Sanitária relatam que o “grande sabotador” das normas sanitárias é a população.

09/06/2021 12h56
Por: Janiele Chaves Fonte: Cidade Verde
Vigilância notifica 3 agências bancárias por aglomeração e faz alerta a bares e restaurantes

A Vigilância Sanitária de Teresina notificou três agencias bancárias por provocar aglomerações de pessoas e ampliar o risco de transmissão do novo coronavírus. Na manhã desta quarta-feira (09), a coordenadoria da Vigilância se reuniu com os representantes de bares e restaurantes para fazer um alerta sobre o aumento de notificações nesse setor. Os donos de bares e a Vigilância Sanitária relatam que o “grande sabotador” das normas sanitárias é a população.

Na reunião, a Vigilância Sanitária pediu a redução do número de pessoas nos bares, além da redução de mesas e o respeito ao distanciamento de dois metros, como define o decreto.

A gerente da Vigilância Sanitária Municipal, Larisse Portela, informou que foi pactuado que por mesa só pode tolerar de oito a dez pessoas no máximo. Ela disse ainda que no mês de maio aumentou em 42% o numero de notificação por descumprimento às normas sanitárias. 

Só no setor de bares e restaurantes foram aplicadas mais de 180 notificações e 42 multas, que variam de R$ 500 a R$ 17 mil. 

“Já é a segunda reunião que estamos fazendo com o setor. Percebemos que há uma mudança de postura, mas é preciso maior controle para reduzir o fluxo de pessoas e a distribuição de mesas para que caia o número de transmissibilidade”.

O coordenador do bar 309, Marcelo Sousa, destacou que a grande dificuldade é convencer a população a respeitar as normas sanitárias, como distanciamento e o uso da máscara. Os bares estão a cada dia mais preocupados com a prevenção, adotando novas postura de atendimento, disse. 

“Antes da pandemia, trabalhávamos 70 mesas. Hoje estamos com 25, mas precisamos da colaboração da população para que respeitem as normas estipuladas”.

Ele1 - Criar site de notícias