Sábado, 12 de Junho de 2021 23:11
(86) 99861-1711
Internacional INTERNACIONAL

Os impactos da pandemia nas eleições mundo afora

novas perspectivas

10/09/2020 11h11 Atualizada há 9 meses
Por: Nayara Negreiros
https://oimparcial.com.br/politica/2020/03/pandemia-e-a-proposta-de-eleicoes-unificadas/
https://oimparcial.com.br/politica/2020/03/pandemia-e-a-proposta-de-eleicoes-unificadas/

O assunto mais saturado do momento ainda é a pandemia, e de certo, continuará sendo por um longo tempo, uma vez que seus efeitos causaram drásticas mudanças nos mais diversos setores da sociedade, efeitos estes que para serem revertidos terão de contar com o apoio do tempo, do empenho e do árduo trabalho das nações. Pensando nisso, e tendo em vista que neste ano ocorrerão eleições no Brasil e em vários países, analisaremos um pouco os impactos que a Covid-19 impingiu para a política no mundo, sobretudo no que se refere às eleições.

Diante da crise sanitária provocada pelo Covid-19, muitos governantes em todo o mundo adotaram medidas de restrição e isolamento social para proteger os cidadãos do contágio do novo coronavírus, além de uma série de ações econômicas com vistas a proteger a população mais vulnerável e apoiar as empresas nesse momento de crise financeira. Essa tomada de atitude ou a falta dela, acredita-se, terá grande influência no resultado das eleições deste ano de 2020 e no seguinte. 

Mas talvez não seja o fator determinante para avaliar se candidato A ou B tem maiores chances de conquistar o apoio popular, pois existem outras razões que podem ser incisivas dentro das urnas. Exemplo disso, são as recentes pesquisas divulgadas sobre a corrida eleitoral nos Estados Unidos da América. Pois o atual presidente dos E.U.A, Donald Trump, mesmo tendo adotado um discurso inicial de valorização da economia em detrimento da vida dos estadunidenses, começa a crescer nas intenções de votos nas pesquisas feitas por lá, e como sabido, por ser esta uma superpotência, o resultado interessa a todos dentro e fora do país.  No Brasil, a situação não é muito diferente, as eleições para prefeitos, vice-prefeito e vereadores ocorrerão este ano, entretanto, em nova data, em virtude de terem sido adiadas, seguindo o que ocorreu em vários outros pontos do globo. 

Serão realizadas nas datas dos dias 15 (quinze) e 29 (vinte e nove) de novembro, 1º e 2º turno, respectivamente, além do que, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ampliou o horário da votação em uma hora para reduzir a possibilidade de aglomeração nos locais de votação, tendo definido também que o horário das 7h às 10h será reservado, preferencialmente, para pessoas com idade acima de 60 anos. Convém destacar também, o trabalho realizado contra as fakes news, cada vez mais presentes nos dias de hoje, para assegurar que o eleitor não tenha seu voto induzido e escolha com consciência seu candidato. Principalmente agora, nesse contexto de pandemia, onde o mundo cercou-se da realidade virtual para poder continuar, é importante estar atento às propostas de campanha e escolher bem, pois é na gestão dos municípios que se encontra a maior possibilidade de mudança para o país.  

 

Emanuelle Miranda de Sousa Moraes

Paulo Vitor da Silva Caetano

 

Ele1 - Criar site de notícias